Decreto de calamidade e nomeações põem prefeito de Neves na mira do MP

Na ação, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pede a condenação de Junynho Martins, além de reparação dos danos ao município “em valor não inferior a R$ 50 mil”.

Read more in O Tempo

Related Videos


Provider

O Tempo, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil